A pianista- Capitulo 3












Manchester, Reino Unido,3 de Novembro de 2014
POV'S SOPHIA
Ainda com o roupão de banho e ao som de Stitches de Shawn Mendes seco o meu cabelo com meu secador de cabelo cinza.
Quando termino, faço um rabo de cavalo e vou até o closet. Coloco um vestido verde jade de decote quadrado, calço um salto alto preto e coloco alguns anéis em meus dedos. Vou até minha penteadeira e faço uma maquiagem bem leve. Passo um perfume e desço para ver como vão os preparativos para o jantar. 
Quando chego na sala de estar papai está lendo o jornal de hoje. Ele veste um terno cinza e os cabelos grisalhos estão penteados perfeitamente, ele tem um copo  de uísque na mão e não usa mais o óculos de grau de antes. 
— Está linda minha filha — Ele diz assim que me sento ao seu lado no sofá.
— Obrigada pai. O senhor também está muito elegante.
— Você acha mesmo? Não gosto desse terno, mas sua mãe me obriga a usá-lo.— Nós rimos e ele coloca sua mão em meu ombro.
— Ouvi isso Renato Sampaio Wood — Mamãe diz enquanto desce as escadas e nós três rimos. Ela se aproxima e senta do lado de papai. — De novo bebendo uísque Renato? Já conversamos sobre isso amor.
— Branca eu só bebo quando vou fazer negócios, sabe disso querida.
— Mesmo assim Renato, não quero te perder por causa dos seus negócios. Tem que parar de beber uísque e fumar cigarros. Só falta você fumar charuto também!
— Relaxe mulher! Está ficando nervosa, não é bom para sua saúde.
— Papai está certo mãe, precisa se relaxar.
— Eu só irei relaxar quando seu pai parar com esses vícios desnecessários
— Não são vícios, Branca!
A campainha toca, Rute a nossa governanta caminha até a porta.
— Deixa que eu vou Rute — Mamãe se levanta. Rute assente e vai para a cozinha.
Mamãe vai atender a porta e papai me olha
— Sejam bem-vindos, como foi a viagem? — Escuto a voz de mamãe se aproximar aos poucos.
— Nada de mais, apenas cansativa — Diz Aline, esposa do Sr. Wells.
Eu me levanto e papai também, ainda com o copo de uísque na mão. A família Wells entra na sala de estar. O Sr. Wells é um homem de avançada idade, porém sua aparência não demonstra isso. Ele tem os cabelos castanhos e tem barba. Usa um óculos redondo e um terno preto. A Sra. Wells tem o cabelo curto, usa um vestido vermelho e um salto alto preto. Já, Lisa a filha de ambos está com uma calça preta, uma blusa vermelha e uma jaqueta de couro preta.
— Está cada dia mais velho, Sampaio. — Eles se abraçam e todos rimos
— É bom te ver de novo Wells.
— Aline, quanto tempo! — Papai diz e a abraça. — E está deve ser a pequena Lisa não é?Que por sinal não está mais pequena
— Isso mesmo Sr. Renato.
— Você acostumava de me chamar de tio Renato, mas está tudo bem.— Nós rimos.
— Sophia está cada dia mais linda— O Sr. Wells me elogia e eu aperto sua mão
— Obrigada Sr. Wells, é um prazer voltar a ver vocês.— Abraço Aline e depois Lisa.
— Aceitam alguma coisa para beber? — Mamãe pergunta
— Um uísque estaria bem Renato — Diz o Sr.Wells
— Vamos lá Leandro.— Papai diz enquanto começa a preparar o copo dele.
— Aline e Lisa aceitam alguma bebida?
— Eu quero uma água com gas por favor— Aline diz
— Com o sem gelo?
— Sem por favor
— Certo, vou providenciar— Mamãe se retira.
E nós começamos a conversar, contando todas as nossas vivências desde a última vez que nos encontramos.
Utah,Estados Unidos, 3 de Novembro de 2014
POV'S MICAEL

Chego em casa cansado. Hoje o dia foi intenso. Tomo um banho e coloco uma calça de moletom. Vou para o meu escritório trabalhar um pouco. Meu celular toca e vejo que Lua está me ligando.
Ligação ON
— Fala coisa loira.
— Micael cadê você? Estamos te esperando.
— Me esperando para que?
—Micael eu vou te matar! Você esqueceu do aniversário do Chay?
— Puta merda! O aniversário do RoobertChay!
— Eu vou lavar sua boca com sabão, seu idiota.
— Calma Lua .Onde vocês estão?
— Tsunami. Quanto tempo você vai demorar?
— Talvez uns 50 minutos
— Você tem vinte minutos Micael.
— Eu não vou chegar em vinte minutos é impossível.
— Você dá um jeito General Borges
— Você vai se arrepender por ter falado isso Lua
Ela desliga
Ligação OFF
Levanto da cadeira rindo e vou para o quarto. Troco de roupa e pego o carro. Eu vou o mais rápido possível e chego no Tsunami em 40 minutos.
Quando entro vejo meus amigos sentados.Me aproximo e sento em uma cadeira.
— Está atrasado Micael.— Lua diz me olhando feio
— Quem você pensa que é pra me chamar desse jeito sua anã? — Eu digo brincando
— Vou arrancar suas partes íntimas Micael!
— Arthur controla a fera ai irmão.
Todos rimos. Chay se aproxima da mesa.
— Até que em fim Coronel.
— Parabéns Roobert. — Nos abraçamos.
— Quem é Roobert, cara? — Chay pergunta olhando para trás.
— Seu rídiculo. — Digo dando um leve tapa em sua cabeça.
— Aqui estão suas bebidas, senhores. — A garçom se aproxima.
— Opa morena, você ta bonita com esse avental.— Chay diz sorrindo
— Meu nome não é morena e se você quiser te dou o avental para você limpar a baba que ta caindo da sua boca, otário. — A garçom vai embora.
— Podia ter ido pra casa sem essa Chay — Lua diz.
Nós rimos e começamos a conversar animadamente.
Mancehster, Reino Unido.
POV'S SOPHIA

— O jantar estava uma delícia Branca — Aline diz limpando a boca com o guardanapo.
— Estava mesmo tia Branca, nunca comi coisa igual— Lisa diz sorrindo
— Obrigada.
Papai e o Sr. Welss foram conversar no escritório enquanto mamãe Aline conversam na sala de estar. Eu e Lisa estamos sentadas no banco que está no jardim de casa.
— Há 10 anos atrás corriamos por esse jardim, você lembra? — Lisa me pergunta.
— Claro, eu sempre caia porque corria atrás de você. — Nós rimos.
— Era uma boa época
— Sim.— Eu sorrio ao lembrar daqueles tempos.
Flashback ON
Eu corria atrás de Lisa no jardim de casa. Estavamos bricnando de esconde-esconde e eu tinha que pegá-la.
— Eu irei te pegar Lisa!
— Jamais, Sophia!
Eu apenas conseguia ver o vestido amarelo de Lisa, ela era muito rápida. Começei a correr mais rápido. Lisa estava perto das escadas para entrar em casa. Eu me virei porque ouvi um barulho estranho, e quando percebi já estava no chão. Começei a chorar.
— Sophia, você está bem? — Lisa perguntou vindo até onde eu estava.
Eu levantei o meu vestido de flores e mostrei a ela o machucado em meu joelho.
— Vamos entrar, talvez Rute possa sarar sua ferida.
— Ta bom.
Ela me deu a mão e me ajudou a entrar em casa
Flashback OFF
— Nós vamos vir morar aqui em Manchester de novo. — Lisa diz— Podemos voltar a ter aquela amizade que tinhamos antes, não é?
— Eu vou ir morar nos Estados Unidos daqui 2 meses, Lisa.
------------------------------------
Oi meus amores! Aqui está o terceiro capitulo. Estão gostando? Comentem o que estão achando. Um beijo para vocês <3

3 comentários: