Futuro Planejado - Capitulo 29

Quando Dalva abriu a porta passaram por ela os últimos membros da diretoria Leonardo, o Senhor Mendes e um outro que eu vira pouquíssimas vezes e sabia que era de minoria como o pai de Léo. Eles caminharam até a sala e eu ouvi meu pai descendo as escadas rapidamente. Eu ainda tinha os meus braços agarrados com o de Micael e realmente não queria soltar.


- Boa noite! - Senhor Mendes disse cumprimentando a todos e os outros logo em seguida.
- Sentem-se todos, daqui a pouca Dalva avisa que o jantar está pronto. - Disse meu pai muito cordialmente.

Eles então se sentaram e por pura ironia do destino ou por puro calculo dele, Léo ficou posicionado bem a minha frente. Ele ficava olhando e não era nada discreto.

- Eu vou dar um murro na cara desse garoto se ele não tirar os olhos de você - Micael me disse disfarçadamente enquanto os mais velhos conversavam sobre negocios.
- Ei, você não ouse fazer isso! Deixa ele pra lá.
- Tá defendendo? - Ele estava se irritando.
- Eu só não quero confusão meu amor, vamos ficar em paz, você prometeu.

Senti ele respirar fundo e voltar a se concentrar na conversa chatissima que estava acontecendo ali. Mas como ele era o Presidente da empresa, logico que ainda tinha seu pai para lhe ajudar no trabalho mas logo teria que assumir tudo sozinho. 
Não demorou até que Dalva viesse avisar que o jantar estaria servido. Nós levantamos e fomos em direção a mesa. Eu estava na frente, Micael atras de mim, e então eu senti que Léo tinha esbarrado em Micael e passado a minha frente, mas não sem antes cochichar em meu ouvido que "você está muito linda nesse vestido, mas estaria mais ainda sem ele."

- Você ficou louco? - Eu disse com um pouco de raiva, ele só sorriu debochado e andou mais depressa.
- O que esse idiota disse pra você? - Micael já me perguntou, interessado.
- Nada demais só disse que eu estou bonita. - Eu não queria mais intriga então achei melhor resumir.
- Ele não perde tempo. Vamos sentar.

Nos demos as mãos e escolhemos um lugar o mais distante possivel dele. O jantar foi servido e durante todo ele Leo ficava jogando piadinhas e indiretas e isso já estava deixando Micael nervoso. Até que ele explodiu.

- Será que dá pra você parar de criancice e assumir que perdeu? - Ele estava de pé e tinha as mãos em punho.
- Calma meu amor, não se estressa.
- Micael, sente-se já! - Disse o pai dele.
- Esse moleque fica ai jogando piadinha, por que homem pra me encarar não é né?
- Te encarar - Ele riu extremamente debochado - Eu quero ver, você não teria chances contra mim, e você sabe.
- Vocês dois não vão começar né? - Minha mãe disse muito desesperada, assim como eu.
- Faz me rir, a não, conta uma piada melhor por que essa foi pessima.
- Só por que a Sophia escolheu ficar com você momentaneamente não significa que você tenha ganho tudo.
- Momentaneamente?
- Logico, foi tudo combinado. Ela fazia aquela cena, dizia que te amava e nós teriamos nosso caso em segredo, casada com você nós teriamos mais dinheiro.
- Cala a boca Leonardo, para de falar merda.
- Ah desculpa meu amor, eu não ia guardar isso por muito tempo.
- Para de falar mentiras seu ridiculo.
- Você acha que ela vai pra onde quando sai sem motorista? - Ele disse olhando serio para Micael que com certeza estava acreditando nele.
- Amor, olha pra mim. - Ele me olhou, muito receoso. - Eu amo você, não dá ideia pro Léo.
- Para, chega de fingir Sophia.
- Mica, vamos dar uma volta, caminhar no jardim.
- Pra que? Quer me enrolar de novo?
- Vamos Micael, agora! - Eu disse com a voz firme, mas por dentro eu estava com muito medo.
- Vamos - Ele disse por fim.

Saimos da mesa sob os olhares de todos ali. Ele nem me esperou e foi andando na frente, eu tive que apressar o passo pra acompanha-lo. Já no jardim ele parou, sentou na grama e fechou os olhos, parecia respirar fundo antes de falar. Sem pensar duas vezes me sentei ao seu lado e peguei sua mão.

- Não acredita nele. - Eu suplicava.
- Dificil não acreditar. - Ele dizia ainda de olhos fechados.
- Eu avisei que não queria vir por que eu sabia que ele falaria besteira. Eu nunca fui encontrar com ele.
- Não? Não mesmo? - Agora ele abriu os olhos e olhou pra mim. Os olhos com expressão muito seria. - Por que se você foi eu não posso fazer nada, só acho falta de consideração você brincar com meus sentimentos.
- Eu nunca faria isso, eu realmente fui feliz nesse curto tempo, você é a melhor pessoa que eu poderia ter me casado, Não faria nada pra te magoar, por favor não deixa o Léo estragar isso!

34 comentários:

  1. Quee Leeo é Esse Kkkk,Mica Desculpa Ela kkk

    ResponderExcluir
  2. Posta maaais....por favor!!!!

    ResponderExcluir
  3. Micael quem ama confia

    ResponderExcluir
  4. CONTINUA TA MUITOOOOOOO BOOOOOOOOOOOOOM TO AMANDO LER SUA WEB

    ResponderExcluir
  5. Acho que o Mica e a Soph estão precisando de uma lua de mel pra se afastar dessa confusão

    ResponderExcluir
  6. Leo ja pode ir pro inferno

    ResponderExcluir
  7. Posta mais por favor amo amo sua web parabens pela web amo amo

    ResponderExcluir
  8. Continua, Caah volta a postar dois capítulos, por favor

    ResponderExcluir
  9. lindooooooooooooooooooooooooooooooooooo

    ResponderExcluir
  10. mais mais, leonardo eh um bosta n'àgua aff

    ResponderExcluir
  11. CONTINUAAAAAAA!!!!!!😵😵😵😵😵😱😱😱😱👏🏻👏🏻👏🏻

    ResponderExcluir
  12. Mais mais perfect..
    Vc ta demorando pra postar e nem tem bónus

    ResponderExcluir