Amor Demais - Capítulo 37

- Ou dar em cima do Micael que estava solteiro por um dia? – Perguntou com veneno na voz. O olhar no rosto de Sophia era de surpresa, acho que o meu também.

Amor Demais - Capítulo 36

- Laura já tá na escola? – Eu disse com a voz rouca, devido a ressaca.
- Sim, acabei de deixa-la aqui. – Sophia fungou e eu percebi que ela estava chorando, não acredito nisso.

Amor Demais - Capítulo 35

A noite com a minha filha foi fantástica, ficamos acordadas até uma da manhã, já que ela teria aula no outro dia, mesmo sendo a tarde, ela ficaria caindo de sono se fossemos dormir mais tarde.

Amor Demais - Capítulo 34

- Nada. – Dei de ombros, realmente não sabia o que tinha acontecido, tudo estava muito confuso.
- Como assim nada? – Parecia indignada com a falta de informação. – Sophia, você e Micael desceram rindo e o pior de tudo, ele deixou a Laura dormir com você. – Eu suspirei.

Amor Demais - Capítulo 33

- Eu sei que eu vacilei, mas eu quero ter a chance de me redimir. – Ele se aproximou novamente.
- Tarde demais, eu achei alguém que realmente me ama e que viajou pra vir ficar comigo. – Ele me olhou incrédulo.

Amor Demais - Capitulo 32

Seus olhos eram intrigantes, ele parecia querer dizer tanta coisa, mas sua boca não obedecia. Eu com toda certeza vou me manter longe dele, antes que ele me agarre pela terceira vez, só que dessa vez sozinhos e com a cama ao nosso dispor.
- Não vai dizer nada? – Perguntei depois de minutos de silencio constrangedor.
- É que eu não sei o que dizer. – Ele disse vergonhoso e eu rolei os olhos.
- Então não deveria ter me chamado pra conversar. – Minha grosseria fez com que ele arregalasse os olhos.
- Não precisa ser grossa.
- Exclusividade sua? – Ele não respondeu, apenas ficou caminhando de um lado pro outro antes de se sentar a beira da cama.
- Me perdoa. – Muitas emoções passavam na minha mente agora, eu realmente não sabia o que sentir, mas acredito que o medo do que ele ia dizer depois disso estava ganhando. – Por tudo que eu fiz. Me perdoa por ter brigado quando me disse que tinha recebido aquela proposta, por ter feito chantagem com você, por ter ficado com tanta raiva que impedi você de ver a nossa filha... – Ele pode não ter notado, mas aquela foi a primeira vez que ele disse “nossa filha” desde que voltei. – Por ter te tratado tão mal e te fazer sofrer por todo esse tempo...
- Micael eu acho que perdão não adianta nada, é meio tarde pra isso. – Eu podia sentir a emoção em casa palavra, era difícil de segurar a minha. Aquela conversa, ouvir aquilo da sua boca era tudo o que eu queria desde que cheguei aqui, mas agora, eu já não estava empolgada.
- Você não sabe como foi difícil pra mim. – Sua voz era doce, parecia muito com o meu Micael de sempre. – Sophia, você era minha vida.
- E você a minha, mas você não podia me privar de uma coisa que só ia fazer bem. – Já era, comecei a chorar que nem uma idiota, pelo menos dessa vez não era de raiva.
- Ei, não chora, eu odeio ver você chorar. – Ele disse e estendeu uma mão pra secar meu rosto, mas eu me afastei, secando eu mesma.
- Engraçado você dizer isso, já que você foi o motivo das minhas lagrimas durante muito tempo.
- Não queria que você chorasse. – Abaixou a cabeça e suspirou.
- E achou que afastando minha filha de mim ia acontecer o quê? – Funguei. – Micael, essa conversa não vai nos levar a lugar nenhum.
- Soph, eu ainda amo você... – Eu o encarei perplexa, nunca esperei que ele fosse falar uma coisa dessas pra mim de novo.
- Micael, sabe que não é mais assim. Nosso casamente já foi, não adianta tentar remendar. – Aquilo saia da minha boca, mas a vontade era de beijá-lo e aproveitar todo o tempo pra matar o que perdemos.
- Tecnicamente ainda somos casados... - Ele deu de ombros com um sorriso. Nós realmente nunca tínhamos falado disso. No papel, nunca tínhamos nos separado. – Eu realmente nunca quis o divorcio.
- Você está dizendo isso tudo por causa do Eduardo. – Ele rolou os olhos e levantou, bufando.
- O que esse mané tem a ver? – Seu tom de voz já se tornou mais ignorante.
- Você não aguentou ver outro homem comigo, outro homem me chamando de sua, outro homem me tocando. – Ele estreitou os olhos. – Isso tudo é ciúme.
- Ou talvez isso só tenha me mostrado o quanto eu preciso de você. Sophia, eu tinha raiva de você.
- E agora do nada não tem mais? – Meu olhar era desconfiado.
- Não do nada, a Jéssica foi embora... – Isso me irritou e eu o interrompi.
- A Jéssica foi embora e você está sozinho, ah, coitado! – Eu disse com raiva, meu tom de voz era alto.
- Tá com ciúme? – Ele sorriu esperançoso.
- Nunca escondi que te amava, nunca menti ou fiz coisas só pra te ferir. – Seu sorriso se fechou.

Amor Demais - Capitulo 31

- Não Dudu, escolhemos tentar e vamos tentar. – Eu me aproximei e dei um selinho nele.
- Ei, a criança esta aqui. – Eu olhei minha filha um pouco apreensiva antes de ver pelo canto do olho a raiva em Micael.
- Desculpe. – Eu falei baixo.

Amor Demais - Capitulo 30

- Tecnicamente ele fez pra eu te contar e você terminar comigo, assim como a Jéssica fez com ele. – Eu ri do quão ridícula era aquela historia.
- Ele tem quantos anos? 15? – Perguntou erguendo a sobrancelha e eu ri.

Amor Demais - Capitulo 29

- Volta com a Sophia pra jantar. – Lua convidou. – Ai a gente vai poder se entender sem brigas.
- Pode deixar, vou tentar convencer ela. – Ele saiu e eu fiquei olhando com indignação pra Lua.
- O que foi? – Perguntou olhando sem entender.

Amor Demais - Capitulo 28

- Você não deve se meter nessa briga de adultos, Laurinha. – Eduardo tinha a voz calma e serena, ele sempre teve um dom pra falar com crianças.
- A culpa é dela que a minha mãe foi embora. - Ouvi minha filha fungar, aquelas palavras feriram meu coração mais ainda.

Amor Demais - Capitulo 27

- Vão ser, vocês dois, Chay e Mel e a Sophia com o namoradinho que veio apresentar pra vocês e ninguém deu bola. – Sua voz era tomada pelo ciúme e eu sorri com isso.
- Olha o ciúme, Micaelzinho! – Lua disse rindo e eu deixei um sorriso escapar. – Sabe que não é o mesmo quando vocês tentam enfiar alguém no meio da gente. – Ela fez uma careta e eu percebi que estava falando de Jéssica.

Amor Demais - Capitulo 26

- Ei, nenhuma das vezes a culpa foi minha. – Ele riu debochando. – Você que terminou comigo, você que não me deixava ver a minha filha, eram apenas seis meses e você fez a porra de um show. – Gritei, sua expressão parecia de medo. – E agora a Jéssica foi embora porque você me beijou, eu não puxei você pra longe e te agarrei, você fez isso comigo. Eu parei o beijo e te lembrei da Jéssica. Você não tem direito nenhum de jogar a culpa pra cima de mim sendo que você errou e vai errar com qualquer mulher que você chegue perto!

Amor Demais - Capitulo 25

- Oi, Soph! – Sorriu. – Oi, pessoa. – Ele estendeu a mão para Dudu.
- Eduardo. – Ele se apresentou.

Amor Demais - Capitulo 24

- É quase isso, só que de uma forma diferente... – Coçou a nuca e eu já estava super curiosa pra falar.
- Ai, fala logo Dudu, tá me deixando preocupada.
- É que não sei se você vai querer continuar sendo minha amiga. – Ele desviou o olhar e ficou olhando pela janela.

Amor Demais - Capitulo 23

Mesmo com aquilo tudo acontecendo, Micael e Laura sempre se divertiam quando estavam sozinhos, afinal tivera sido apenas eles sozinhos por um ano inteiro e eles aprenderam a se amar mais que tudo.

Amor Demais - Capitulo 22

- Quem morreu? – Ela já atendeu rindo.
- Não tem graça, Lua. – Ele fungou e o tom da voz da amiga mudou, agora tingido por preocupação.
- O que aconteceu?!  - O desespero tomou conta quando ela começou a imaginar que algo poderia ter acontecido com seu amigo ou sua afilhada.

Amor Demais - Capitulo 21

O despertador tocou na casa de Micael e infelizmente aquele dia tinha que começar. O moreno abriu os olhos, mas não encontrou sua esposa deitada ao seu lado, ela estava arrumando sua mala, como tinha prometido na noite anterior. Ele se sentou na cama e respirou fundo, não sabia direito o que dizer.

Amor Demais - Capítulo 20

- O que foi? – Perguntou quando ela se interrompeu.
- Não me procure só pra tentar esquecer a Sophia ou a mágoa que ela te deixa. Eu sinceramente não mereço isso.

Amor Demais - Capítulo 19

- Ela tá chateada comigo? – Laura olhou nos olhos do pai e ele sentiu um aperto no peito.
- Não, claro que não. – Deu de ombros e a menina suspirou.
- Logico que ela está chateada. – Se afastou, sua expressão era triste e Micael odiava ver sua menina assim. – Será que ela não gosta que eu passe tempo com a minha mãe?

Amor Demais - Capítulo 18

- A Laura? – Perguntou desconfiada.
- Sim, ela me pediu na noite da festa pra não tentar ficar com o pai dela por causa de você. – Dei de ombros e ela sorriu. – Eu não vou quebrar a minha promessa.

Amor Demais - Capítulo 17

- Ele me ama? Nós duas sabemos que ele ama você e que você também o ama. – Limpou o rosto com uma das mãos.

Amor Demais - Capitulo 16

- Eu não era um bebê, eu lembro de quando você foi embora, eu já tinha quatro anos.
- Você se lembra e ainda assim não tem raiva? – Arqueei a sobrancelha e ela riu.
- Não, você precisou ir. Não nos abandonou, tentou contato e meu pai dificultou como dificulta até hoje. – Eu soltei um suspiro que nem sabia que estava segurando.

Amor Demais - Capitulo 15

- Sophia é minha mãe sim! – Eu sorri. – Jéssica também é.
- Desculpem, mas não tenho autorização de liberar a Laura sem a mãe dela aqui, ordem do Senhor Micael. – Eu bufei e peguei o celular, já discando o numero de Micael.

Amor Demais - Capitulo 14

- Não era pra ter combinado nada. – Briguei ao pegar o celular.
- Acho que vocês já passaram dessa fase né? – Ela me deixou sem resposta. – Você quer ir, filha?
- Claro que quero! – Ela bateu palmas e deu pulinhos.

Amor Demais - Capítulo 13

- Amor, entra com a Clara por favor, quero falar com a Sophia um minutinho. – Lua disse na porta de seu apartamento, me despedi dos dois e encarei Lua.

Amor Demais - Capítulo 12

- Acho errado a gente fazer isso! – Ela disse sem fôlego assim que terminamos o beijo.
- E você diz isso agora? – Eu ri, ela ficou corada, a coisa mais linda.

Amor Demais - Capítulo 11

- Eu sei, não te culpo. – Sorriu docemente. – Mas eu só queria que entendesse que você teve sua parcela de culpa ao não me apoiar. – Suspirei.

Amor Demais - Capítulo 10

- Micael, a Laura está aqui. – Jessica repreendeu. – E não desrespeite a Sophia, o que ela faz deixou de ser da sua conta quando você terminou com ela.
- Dá um tempo de defender ela também, Jéssica. – Disse ignorante. – Eu duvido que se fosse o contrario Sophia te defenderia.

Amor Demais - Capítulo 9

Eu estava ouvido a conversa animada delas desde que tinham me deixado sozinho naquela maldita mesa. Era sobre a viagem da Sophia e me irritava saber que ela tinha se divertido tanto enquanto eu sofria por ela aqui. E quando começaram a falar de namorados que ele teve e como o cara era o homem da vida dela, aquilo me irritou demais e eu saí.

Amor Demais - Capítulo 8

- Aonde vamos mamãe? – Ela sorriu pra mim.
- Só ficar aqui fora um pouco, seu pai me irrita. – Eu disse e ela ri.

Amor Demais - Capítulo 7

- Meu Deus, Sophia, como você está gata! – Lua gritou pra mim assim que me viu.
- Eu sou gata, amor. – Dei um beijinho no ombro e ela riu. – A festa esta linda. – Disse olhando em volta.

Amor Demais - Capítulo 6

- É O QUÊ? – Arregalei os olhos e ela sorriu.
- Eu sei, você nunca deixou de amar. – Ela deu de ombros.
- Você tem problemas, eu juro que tem. – Riu e me deu um selinho.

Amor Demais - Capítulo 5

Jessica estava sentada junto com as duas no chão. Lua e Mel estavam um pouco afastadas. Eu observei Jessica rindo com Sophia e eu não sei como, mas minha raiva conseguiu aumentar. Cheguei perto tentando controlar a respiração.

Amor Demais - Capítulo 4

- Não ameniza o fato de você ter deixado sua filha pequena. – Cuspiu aquelas palavras e estava me deixando enjoada.

Amor Demais - Capítulo 3

- O que vamos fazer aqui? – Perguntei a Lua.
- Vamos deixar a Clara lá na parte de recreação para crianças e vamos para o cinema. – Respondeu com naturalidade.

Amor Demais - Capítulo 2

- Quem é essa fofurinha aqui? – Olhei pra menina de quatro anos que estava no colo do Arthur.
- Vai dizer que não se lembra da Clara? – Lua disse-me tom de ironia.

Amor Demais - Capítulo 1

- Acho que não estou preparada pra voltar para o Brasil e encarar minha antiga vida. – Falei para Lua ao telefone.
- Sophia, não é possível que você não sinta falta da sua filha. – Ela afirmou e eu então abri a cômoda e peguei uma foto minha e do Micael, segurando Laurinha no colo.

Amor Demais - Sinopse

O que escolher quando se tem a oportunidade de alavancar a sua carreira, mas ao mesmo tempo se sente presa por causa da sua família?
Foi o que me aconteceu há uns anos. Eu tinha uma família linda, mas não tive apoio do meu marido pra seguir o meu sonho. Eu tentei de todas as formas manter uma relação com ele, até porque tínhamos nossa filha, mas ele simplesmente me cortou da vida dela.
Eu quis voltar por várias vezes, a saudade da minha menina não cabia no meu peito, mas o medo de vê-lo com outra e da forma como ele me trataria fez com que eu adiasse a volta por anos...
Agora finalmente eu tomei coragem e voltei. Encarar a realidade e brigar pela minha filha. Mas isso não seria fácil.

Micael Narrando:

Primeiro eu senti ódio, depois veio mais ódio ao descobrir que ela voltou. Vê-la depois de todo esse tempo era simplesmente desconcertante. Quando eu assumi pra mim e finalmente fiz as pazes com ela, aconteceu tudo de novo. Não sei o que fazer. Tudo em mim diz pra que eu a apoiasse, mas não quero que ela vá...

Inevitável - Capítulo 153 - Último Capítulo

- Não vou embora agora, eu vim ver meu filho. Nem falei com ele direito ainda, Sophia. – Ela falou e foi pra mais perto de Felipe. Sophia apenas suspirou.
- E lá vamos nós pra mais uma sessão de brigas. – Felipe rolou os olhos.

Inevitável - Capítulo 152 - Últimos Capítulos

- Hahaha. – Eu rolei os olhos. – Não quero falar sobre isso.
- Ah, para. Quero saber desse fato histórico. – Voltou a morder sua maçã.

Inevitável - Capítulo 151 - Últimos Capítulos

- Só que você passou muito tempo me magoando pra ficar bem com um pedido de desculpas. – Eu realmente tinha muita magoa, mas sabia que não ia ficar assim pra sempre, afinal, eu amava aquele moleque.
- E o que eu posso fazer?

Inevitável - Capitulo 150 - Últimos Capítulos

- Não estou, ele ficou com raiva desde que comecei a ter um relacionamento decente com o Lucas. Desde então ele começou a me tratar diferente. – Ele desabafou.
- Felipe, seu pai tem ciúme da sua relação com o Lucas, isso não significa que ele não te ame mais.

Inevitável - Capítulo 149

No dia seguinte eu acordei e Micael já não estava na cama. Sorri me lembrando da noite anterior com minhas meninas e então eu lembrei do que Felipe estaria passando e meu sorriso se fechou automaticamente. Procurei meu celular pra ver a hora e constatei que já era quase onze da manhã.

Inevitável - Capítulo 148

Eu estava com cinco meses já, um dia fui numa consulta e estava tudo bem, na outra consulta eu não sei como nem porque, mas a medica já não conseguia ouvir o coração do meu bebê.

Inevitável - Capítulo 147

- Está de castigo por um mês. – Disse alto.

- E o que eu fiz? – Arregalou os olhos se sentando.

- Seu irmão não está nem aqui pra se defender e você fica falando as coisas dele. – Ela bufou.

Inevitável - Capítulo 146

- Tá bom tia. – Dei um ultimo beijo em seu rosto suado e sai de mão dada com Micael. Já no carro ele fez carinho em minha cabeça.

Inevitável - Capítulo 145

- Vou ligar pra Luiza. – Ele assentiu e eu me afastei um pouco. Minha irmã atendeu no segundo toque.

- Alguma noticia dele? – Ela parecia estar chorando. Finalmente alguém pra compartilhar meu desespero.

Inevitável - Capítulo 144

- Eu já disse pra bater na porta. – Disse sem levantar os olhos assim que entramos na sala.

- Micael... – Marlon começou e ele então levantou a cabeça e arregalou os olhos quando me viu.

Inevitável - Capítulo 143

Sophia narrando:



Os dias sem Felipe não estavam sendo nada fáceis pra mim, nem pra Micael e muito menos para as meninas. Já tinham se passado duas semana desde que ele saira de casa e eu não tinha como estar mais preocupada.

Inevitável - Capítulo 142

- É claro que você nasceu. – Aquela conversa aos berros tinha chamado atenção das meninas que olhavam assustadas de cima da escada. – Não fala besteira, Felipe.

A pianista - Capitulo 16



Resultado de imagen de jardin de campus   tumblr

Carolina do Norte, Estados Unidos, 3 de Fevereiro de 2014
POV'S SOPHIA
Eu estava em um dos grandes jardins do campus esperando por Louis.

Inevitável - Capítulo 141

- Cadê o Felipe? – Micael perguntou a esposa assim que saiu do banho. Ele tinha os cabelos molhados e uma toalha em volta de sua cintura.

Inevitável - Capítulo 140

- Ih, a neném mais linda acordou! – Micael veio pegar ela de mim e fez careta. – A neném mais linda e mais fedorenta também. – Ele gargalhou e voltou a se concentrar no café da manhã.

Inevitável - Capítulo 139

Acordei no meio da noite suada e nua, ele ainda dormia. Eu chacoalhei um pouquinho e acordou no susto, mas logo sorriu e me abraçou.

Inevitável - Capítulo 138

- Vou colocar você pra dormir, mocinho. – Abracei ele e subimos as escadas correndo. Ele entrou no banho e eu o ajudei. Depois vesti seu pijama.

Inevitável - Capítulo 137

- Eu sei que sou um idiota, sei que não te mereço, sei que por vezes você esteve ao meu lado com toda paciência me ajudando a passar pelos piores momentos da minha vida e eu fui egoísta e mesquinho a ponto de talvez ter feito você passar pelo pior momento da sua. 

A pianista- Capitulo 15

Resultado de imagen de casal na cama tumblr



3 semanas depois 
Utah, Estados Unidos, 2 de Fevereiro de 2014
POV'S MICAEL
Acordo com alguém se mexendo na cama.

Inevitável - Capítulo 136

Encontrei Sophia abraçada a Felipe e o dito cujo ainda com Emily. Cheguei na maior autoridade já tomando minha filha. Ele não entendeu nada e a segurou.

Inevitável - Capítulo 135

- Sophia está por ai? – Pensei que ela tinha perguntado a mim e estava prestes a dizer que não sabia quando Branca apareceu na minha frente.

Inevitável - Capítulo 134

Estar perto do Diogo era simples e fácil. Nós nos dávamos super bem, conversávamos sobre todos os assuntos e conseguíamos por um momento esquecer do desastre que tinha acontecido em nossas vidas amorosas.

A pianista - Capitulo 14


Resultado de imagen de mesa de desayuno




Carolina do Norte, Estados Unidos, 14 de Janeiro de 2014
 POV'S SOPHIA

O alarme toca 5:45 da manhã e eu já acordo resmungando.

Inevitável - Capitulo 133

Me olhei no espelho e a marca roxa em meu pescoço era nítida, eu nem lembrava de como ela tinha ido parar ali. Peguei o celular e liguei pra Diogo, ele atendeu no segundo toque.

Inevitável - Capítulo 132

- Quero um pouco de paz. Não tô pronta pra voltar pra nossa relação. Infelizmente ela caiu na rotina e nós precisamos pensar se é o que queremos.

Inevitável - Capítulo 131

- Você não tem moral nenhuma pra falar de mim. – Disse tão alto quanto ele. – Você se diverte muito mais, se divertiu enquanto ainda estávamos casados.

Inevitável - Capítulo 130

Mesmo com vergonha, Diogo fez com que eu me sentisse extremamente á vontade depois de um tempo. Nós rimos, conversamos, nos conhecemos. Não ficamos de novo, ele foi super gente boa e não me pressionou. Falamos sobre nossas relações passadas e ele tinha tanta magoa quanto eu, acho que por isso nós nos damos bem.

Inevitável - Capítulo 129

Desci e eles me olharam como se eu estivesse linda. Um sorriso não saia do rosto dos dois.

Inevitável - Capítulo 128

Passei quase duas semana sem ter nenhum contato com ele. Eu não estava deprimida, diferente das outras vezes em que nós nos separamos, mas eu sentia uma saudade absurda dos dois. Eu ficava na sala com a minha mãe, brincava com Emily que já estava aprendendo a engatinhar e estava me sentindo bem.

A pianista - Capitulo 13


Resultado de imagen de universidad tumblr

Carolina do Norte, Estados Unidos, 13 de Janeiro de 2014
POV'S SOPHIA

Arrasto a minha mala pelo campus da faculdade de Duke.

Inevitável - Capitulo 127

- Sophia... – Ele começou, mas não sabia terminar. Então a campainha tocou e eu fui atender.

- Oi, Soph. – Luiza disse e foi logo me dando um abraço.

A pianista - Capitulo 12 ( Encontro SoMic- Última parte)

Aviso importante:
Meninas andei percebendo que muitas de vocês não estão entendendo a web, então decidi esclarecer tudo para vocês. Nesse capitulo escrevam nos comentários  todas as perguntas e dúvidas que vocês tem sobre a web que eu irei responder ( sem fazer spoiler!) o antes possível. Aproveito também para pedir para vocês comentarem o que acham da web e dos capítulos porque para mim é muito importante saber a opinião de vocês e caso precise trocar algumas coisinhas da web. Vi que o número de comentários baixou e isso me deixa bem triste, pessoal! Comentem por favor!!! Obrigada! E agora sim vamos para o capítulo.

Inevitável - Capítulo 126

- Não me lembro de ter dito isso. – Foi a única defesa que eu tive. – Ela esta inventando isso tudo.

Inevitável - Capítulo 125

- Não foi tão ruim, foi? – Ela se aproximou de mim e limpou meu pescoço, provavelmente de uma mancha de batom.

Inevitável - Capítulo 124

Assim que sai do trabalho decidi que ia logo resolver aquele problema. Queria poder enfim viver em paz com a Sophia e era difícil uma vez que toda hora alguma coisa atrapalhava. Eu admito que dessa última vez a culpa foi toda minha, já que eu escondi a Cris da Soph e ainda fiz ela ficar com ciúme a um ponto extremo.

A pianista - Capitulo 11 ( Encontro SoMic - Parte 4)


Resultado de imagen de restaurante  tumblr

Los Angeles, Estados Unidos , 12 de Janeiro de 2014

POV'S SOPHIA

O garçom indicou a nossa mesa e me sentei vendo Micael se sentar na minha frente.

Aviso - Inevitável

Gente, eu sumi, mas não abandonei a história.
Atualmente teve um rolo com a internet aqui em casa 😥.
Assim que voltar eu vou atualizar inevitável e encerra-la. Tenho uma nova já bem adiantada, o que significa que vai voltar a ter web todos os dias!
Beijos, já já eu atualizo a web.

A pianista - Capitulo 10 ( Encontro SoMic - Parte 3)


Resultado de imagen de cafeteria tumblr

Los Angeles, Estados Unidos, 12 de Janeiro de 2015
POV'S SOPHIA

Observo a figura intimidante de Micael se aproximar até a nossa mesa. O uniforme de militar realmente combina com ele. Ele se endereita na cadeira e me entrega o meu café com um sanduíche.

Inevitável - Capitulo 123

Dessa vez eu queria que fosse diferente, eu ia fazer ser. Não quero que a gente fique nesse clima, ou que a gente acabe se separando por causa daquela mulher.
Micael tinha me entregado o celular para que eu a bloqueasse, num gesto completamente sincero, ele encerrou nossas brigas.

A pianista - Capitulo 9 ( Encontro SoMic- Parte 2)

Resultado de imagen de cafe para llevar tumblr
Los Angeles, Estados Unidos, 11 de Janeiro de 2015
POV'S SOPHIA
Sentada na cadeira olho o relógio, são sete e meia da manhã.