Futuro Planejado - Capitulo 81

Branca: Oi Micael! - Ela disse assim que chegamos na mesa de jantar.
Mica: Oi sogra!
Soph: Ainda comendo amor - Fui me sentar ao lado dele.

Mica: Preciso de forças amor. - Ele me olhou malicioso - Mas que princesa essa neném. - Deu um beijo no pescoço da Clara e ela riu.
Soph: Mas você gosta que eles me zoem né.
Branca: Deixa o rapaz se alimentar.
Renato: Ela suga até a ultima gota de força do homem e agora fica ai - Eles riem. - Bom eu vou trabalhar!
Soph: Isso pai, vai mesmo!
Renato: Ah ela quer me ver longe. - Fingiu tristeza - Que pena, vou ficar mais... Isso ai Micael, come direitinho pra dar conta de toda voracidade dessa minha filhinha. - Disse rindo acompanhando da minha mãe, Micael se engasgou com um pedaço do pão.
Mica: Dou conta de qualquer forma.

Dei um tapinha no ombro dele e ele riu. Meu pai foi embora rindo e minha mãe ficou ali balançando a cabeça.

Soph: Vocês são demais né! Nasceram pra me matar de vergonha.
Mica: Que isso amor, a gente só estava brincando.
Branca: É filha, só isso. Te amamos.
Soph: Uhum, unica que me ama é minha filha.
Mica: Porque ela não sabe falar ainda amor. - Ele riu acompanhado da minha mãe.
Soph: Ai ai, acho que vou ficar aqui mãe.
Mica: Para de graça mulher. - Disse forte.
Soph: Ui heim, me arrepiou.
Branca: Sem saliências na minha frente. - Nós rimos.

Terminamos o café entre muitas risadas e logo começamos a arrumar as minhas coisas pra mudança... Coube tudo em uma mala não muito grande, já que eu não tinha levado mais que algumas poucas peças de roupas minhas e da minha filha. Botamos a mala no carro e eu prendi a Clara na cadeira, voltei pra me despedir da minha mãe, Micael já estava no carro.

Branca: Vou sentir muita falta de vocês aqui.
Soph: Obrigada por tudo mãe. Obrigada por sempre estar perto quando eu precisei, por sempre me apoiar, me dar os melhores conselhos... Obrigada.
Branca: Ô minha filha, eu te amo. Sempre vou estar aqui. Agora tenha juízo, lembre-se sempre que a mulher sábia edifica sua casa, é você que manda lá.
Soph: É? Micael é teimoso.
Branca: Cabe a você saber leva-lo que ele vai fazer o que você quiser. Nós mulheres quando queremos conseguimos. - Nós rimos.  - Te amo muito filha.
Soph: Também te amo. Vou indo!

Dei um ultimo abraço e fui pro carro, me sentei ao lado do meu marido e ele olhou pra mim sorrindo.

Mica: Tá chorando por que? Amor, a gente mora cerca de apenas vinte minutos daqui. Você pode ver ela todos os dias se quiser.
Soph: Não tinha percebido que estou chorando. É que vou sentir falta.
Mica: Imagino, mas você passou apenas metade de uma semana ai, nem deu pra se acostumar.
Soph: Ah Mica, é minha mãe, você não entende porque a sua mãe já... - Parei de falar quando vi que ia falar merda. Ele ficou olhando pra frente, quieto. - Desculpa.
Mica: Sinto mais falta dela do que você imagina. - Disse com uma voz triste.
Soph: Sim amor, me perdoa. Falei sem pensar.
Mica: Sabe, eu não aproveitei todo o tempo que eu tive com ela. Nós discutíamos muito... Se eu pudesse voltar no tempo, nunca teria falado alto com ela, nem discordado. - Deixei que ele falasse, ele nunca tinha falado nada a respeito da mãe pra mim. - Ela se foi sem mais nem menos, ninguém esperava. Não estava nem doente... Aquele dia é tão difícil de lembrar... Primeiro por que eu perdi a minha mãe, segundo por que eu vi você beijando aquele idiota na nossa casa...
Soph: Ali eu já amava você. - Ele riu.
Mica: Não. Ali não.
Soph: Claro que sim. Não gostei de ver o jeito que você ficou, me incomodou. Eu também não queria ter beijado ele, ele que me agarrou.
Mica: Claro... Depois eu me declarei, já tinha me declarado antes de sair pra trabalhar e mesmo assim você nem ligou Sophia, me pediu o divorcio.
Soph: Amor, estamos voltando a ficar juntos. Por favor, vamos parar com essas lembranças. - Ele respirou fundo.
Mica: Desculpe. Lembrar da minha mãe, me lembra de muita coisa que eu já deveria ter esquecido há tempos.
Soph: Vida nova!
Mica: Vida nova!

Ele me deu um beijo enquanto estávamos parados em um sinal pouco antes da nossa casa. Nossas aquelas lembranças o deixavam abalado, mas eu também dei mole, que idiota... Agora é fazer o máximo pra esquecer... Vida nova!

6 comentários:

  1. Segue o conselho da sua mãe menina: a mulher sabia edifíca sua casa

    ResponderExcluir
  2. Continuaaa, a cada dia tá mais perfeita, eles mal tinham feito as pazes e quase brigaram de novo kkk tinha que ser somic mesmo em

    ResponderExcluir