Futuro Planejado - Capitulo 83

Mica: Fala Sophia, o que aconteceu de tão grave?
Soph: Micael... A Clara Micael... - Não conseguia falar.
Mica: FALA SOPHIA! - Ele gritou - O QUE ACONTECEU?

Soph: A Clara sumiu Micael. - Falei de uma vez.
Mica: Como assim Sophia? Sumiu de onde?
Soph: Vem pra casa por favor. Preciso de você aqui.
Mica: Ok to indo. Fica com a Anny.
Soph: Tá, vem logo.

Desligamos o telefone e eu voltei pra casa. Chorando eu fui direto pro quarto da Anny, ela ainda dormia serenamente. Me sentei no sofá ali no quarto dela e fiquei por um tempo. Inquieta fui até o quarto da Clara e lá fiquei até que ouvi a voz do Micael. Levantei da caminha dela e fui pra onde ouvia sua voz me chamando e o encontrei no quarto com a Anny. Fui correndo e o abracei.

Mica: Calma Sophia. Me conta o que aconteceu?
Soph: Amor, acho que ela fugiu. - Disse desesperada, sem chorar muito agora.
Mica: Fugiu? Sophia, ela tem quatro anos! - Disse espantado - Não sabe nem falar direito.
Soph: Eu sei. - Voltei a chorar - Por isso me desesperei Micael. Eu quero a minha filha.
Mica: Calma. Mantenha a calma, vamos acha-la
Soph: Não consigo, Micael já vai escurecer.
Mica: O que ela levou?
Soph: A Judith e um danone.
Mica: UM DANONE - Disse alto. - Sophia pelo amor de Deus que horas essa menina sumiu?
Soph: Na hora que te liguei, deve fazer quase uma hora.
Mica: Menos mal. - Segurou na minha mão e me puxou pra fora. - Venha vamos procurar por ela. Não pode estar longe.
Soph: Mas e a Anny?
Mica: Esmeralda fica com ela Sophia. Vamos, esta escuro já.

Descemos correndo e avisamos a Esmeralda que nossa menina dormia. Saímos de carro e rodamos por um bom tempo e nada da menina. Eu já me encontrava mais desesperada do que antes. Não encontramos nada ficamos horas rodando e não achamos nada. Voltamos pra casa e já eram pouco mais do que as dez.
Liguei pra minha mãe e para o pai de Micael. Todos nos encontraram lá em casa.

Branca: Gente, nós não vamos ligar pra policia?
Mica: 24hrs que precisa. - Ele parecia tão calmo, eu estava sentava no sofá abraçada com ele. Não falava nada.
Jorge: Que agonia, onde essa criança se enfiou! Não é possível!
Mica: Ela não deve estar longe. Deve estar perto.
Lidi: Ain tadinha da Clara.
Branca: Ela vai aparecer. Eu tenho fé.

Eu tinha a Anny no colo e ficava ouvindo especulações sobre onde a Clara estaria e sobre o porque tinha sumido. Doía pensar que era por que tinha ciumes. Não era necessário, minha menina agora estava com fome, frio ou sei lá o que... Meu coração tava apertado.

Renato: O que aconteceu pra ela sumir? - Meu pai perguntou e todos olharam pra mim esperando resposta. Passei a mão no meu rosto e então respondi, após respirar fundo.
Soph: Ela tinha ciumes da Anny, disse que eu e o pai não queríamos mais saber dela. Então eu disse que ia subir pra botar a Anny no berço, quando voltei ela já tinha sumido.
Branca: Ai meu Deus não acredito, por bobeira.
Soph: Eu sei, me sinto tão culpada.
Branca: Filha não é assim, a Anny precisa de mais atenção mesmo porque é só um neném.
Mica: Eu não tinha percebido que ela se sentia assim, cara ela tem só quatro anos.
Jorge: É, a menina é inteligente, já ta pensando como adulta... - Ouvimos a campainha tocar, mas ninguém se mexia pra atender.

11 comentários:

  1. ai mds cade a claraaa, continua pelo amor.

    ResponderExcluir
  2. Tadinhos, Continuaa eu acho que é ela que esta na porta

    ResponderExcluir
  3. Posta mais pfv...
    Ansiosa pra saber o que vai acontecer...
    Bjsssss Manu

    ResponderExcluir
  4. CONTINUAAAAA!!!!! essa web , to viciada!!

    ResponderExcluir
  5. cade vccccccccccccccccccccccccccccccccc

    ResponderExcluir