Futuro Planejado - Capitulo 69

- Me desculpa? - Ele riu irônico.
- Mas e a ligação? - Eu ignorei sua ironia.

Observei de lado meus pais saindo de fininho e nos dando privacidade. Eu não conseguia encarar Micael, eu olhava as duas fotos ainda sem acreditar o quanto havia sido trouxa.

- A ligação Sophia... - Ele riu - Sophia, naquele dia eu tinha comunicado apenas no trabalho que eu viria aqui ver você e a Clara. - Ele andava de um lado para o outro enquanto explicava. Eu enfim levantei os olhos. - Na sala de reuniões, estavam presentes o meu pai, o seu pai, o senhor Mendes e o idiota do Leonardo, ninguém mais.
- Tá querendo dizer que foi o Léo? - Perguntei surpresa, ele estava tão na dele. Micael parou de andar e me olhou de volta.
- Não foi o Léo. - Ele disse, e então se corrigiu - Quer dizer, não foi ele diretamente.
- Esclareça por favor! - Pedi sem entender.
- Ele chegou em casa e comentou com a irmã que eu vinha aqui ver você. A Júlia que fez tudo isso, ela que é a mente por trás disso. - Ele sorriu pra mim.
- A Julia? - O ódio subiu e eu estava vendo vermelho. - Que vagabunda, se eu ver na minha frente eu mato. O Léo não tem nada a ver?
- Por incrível que pareça, dessa vez ele não fez nada, tava meio que inocente nessa história, só não tava mais inocente que eu né Sophia.

Ele ficou virado pra mim com as duas mãos nos bolsos da calça, sua expressão era séria e eu não sabia o que dizer, meu coração dizia pra eu ir correndo beijar meu homem, e meu cérebro me lembrava que ele poderia não querer o meu beijo.

- Micael eu...
- Sophia, eu estou muito mais muito magoado com você. - Ele disse, e seu semblante enfim pareceu mais triste. - Você poderia ter confiado em mim desde o começo.
- Mas tinham provas Micael...
- Provas ridículas. Todas porcamente forjadas e você caiu como uma patinha inocente nelas. O que prova que seu amor por mim não é tão forte.
- Micael, nunca mais repita isso. Meu amor foi forte o suficiente pra te esperar por um ano. - Eu estava quase chorando.
- Pois é, foi forte pra isso e por causa de um nada você saiu de casa. Não te entendo. 
- Como nós ficamos agora? - Perguntei preocupada.
- Do mesmo jeito que estamos. Agora quem precisa de um tempo sou eu.
- Micael não... 
- Um tempo, respeita minha decisão. - Ele disse por fim e eu me calei - Quero ver a Clarinha.
- Tá lá no meu quarto, vamos lá. - Não disse mais nada e subi as escadas, ele veio logo atrás de mim. Abri a porta e entrei, Clara estava em pé no berço e sorriu ao ver o pai. Micael foi até ela e a pegou no colo. 
- Que coisa mais linda do papai! Tá cada dia mais gata, e maior! Já vai fazer um aninho em duas semanas, nem acredito.

Ela batia palminhas e ria com seus dois dentinhos pro pai, eu tava ali sentada na cama só assistindo a cena já que por besteira minha eu não podia participar. Até que tive uma ideia.

- Tava pensando em fazer a festa dela de um ano. - Micael olhou pra mim.
- Mas faltam duas semanas. Você disse que não iria fazer festa. - Me respondeu e voltou a olhar Clara.
- Mas eu mudei de ideia. Vou resolver isso essa semana, com dinheiro tudo se resolve. - Eu disse, mais interessada em manter um dialogo do que em fazer a tal festa.
- No que precisar fale comigo. Você sabe meu telefone. - Ele deu um beijo na testa da filha. - Ela não precisa de nada?
- Não, tem tudo aqui. 

Então não tivemos mais conversa, ele passou um tempo ali com a Clarinha mas logo resolveu ir embora. Eu suspirei e pensei, que merda que eu fiz....

35 comentários:

  1. E Sophia que merda vc fez mesmo, preferiu acreditar em uma foto do que no cara que vc ama, do que acreditar no cara que nunca iria te trair, nem parece que ela vive em um mundo que não existe tecnologia. Mais agora é correr atrás do prejuízo. Continuaaaa

    ResponderExcluir
  2. Exatamente corrrer atrás do prejuízo é a única opção

    ResponderExcluir
  3. Sophia pisou muito na bola e ai agora vai ter que compreender esse tempo pra aprender a confiar mais no Micael ,como pode ela confiar que ele continuava vivo e ninguém acreditar e agora não ter acreditado nas palavras dele ?!!

    ResponderExcluir
  4. Sophia acreditou quando era " impossível" ele estar vivo e não acreditou nas palavras dele ?? resultado agora vai penar pra ter ele de volta

    ResponderExcluir
  5. Sophia corre atras do prejuízo !!!
    Continuaa

    ResponderExcluir
  6. Sophia acreditou quando ninguém acreditava que ele estava vivo,ai quando deveria confiar nele ela desconfiou agora vai penar

    ResponderExcluir
  7. Eu quero mais pfv. Ta mt boa! Nossa vc escreve mt bem
    Leitora nova bjsss

    ResponderExcluir