Meu Professor - Capitulo 73

Sibely sorri.
Sibely: Eu mesmo?
Diretor: Não eu.

Ele debocha dela. Ela se toca e volta destino a sala de aula. Dessa vez não bate.
Mica: Você de novo?
Sibely: Oi Professor!
Ela olha em volta da classe procurando Sophia quando acha, lhe da um sorriso ironico.
Mica: O que você quer?
Sibely: Eu não quero nada...
Mica: Veio fazer o que aqui?
Sibely: Passar um recado. O diretor quer você na sala dele, agora!
Micael arregala os olhos surpreso e Sophia também. Os olhos dos dois se encontram e não dava pra esconder que tinha algo ali.
Mica: Eu não acredito que você foi falar!
Sua voz agora era alta de raiva.
Sibely: Não me desafie gatinho.
Mica: Você é uma vagabunda!
Ela deu outra tapa nele. E ele olha pra turma, depois pro relógio.
Mica: Vocês estão dispensados.
Todos levantam e saem, exceto Sophia que enrola pra pegar os materias de proposito. Ela se aproxima dos dois e não havia mais ninguém na sala. Ela aponta o dedo no meio da cara de Sibely.
Soph: Nunca mais bata na cara do meu namorado.
Sibely sorri com desprezo.
Sibely: Cresce garotinha, o Micael é homem demais pra você...
Foi a fez de Sophia sorrir, dessa vez com ironia.
Soph: Por que ele é perfeito pra você.
Mica: Ele ainda tá aqui. Chega de briga, vou lá falar com o diretor.
Soph: Sozinho?
Sibely: Ele não chamou você coisinha.
Soph: Coisinha - Ela ri - Mas você é recalcada heim. Como minha mãe já dizia, nasci linda, cresci abusada, tô a cada dia mais gostosa e sou o terror das recalcadas.
Micael ri da frase e Sibely não achou nem um pouco engraçado.
Mica: Enfim, vocês parem de discutir, e eu vou encontrar com o diretor. Tchau branquinha linda.
Eles se beijam ali na frente de Sibely, que morre de odio. Ele passa por ela, esbarrando de proposito. e segue caminho a sala do diretor. Sophia e Sibely ficam se encarando.
Soph: Não tem mais homem solteiro no mundo não?
Sibely: Quando o conheci, ele estava solteiro.
Soph: Quando você o conheceu ele já namorava comigo.
Sibely: Quando nós fomos pra cama, ele eu acho que estava solteiro.
Soph: Por que você é realmente uma vagabunda que precisa chantagear os outros pra conseguir sexo. Tá pior que uma prostituta.
Sibely completamente irritada, bate em Sophia que não se defende, Por ela ser branquinha, fica marcada facilmente. Ela sorri.
-x-
Mica: Mandou me chamar?
Ele pergunta assim que entra.
Diretor: Sim, sente-se por favor.
Ele se senta.
Diretor: Bem, vou direto ao ponto. Você esta de caso com sua aluna Sophia Abrahão?
Seu rosto era serio, inexpressivo.
Mica: Não tenho um caso, a gente namora.
Uma pontada de decepção passa pelo rosto do diretor.
Diretor: E você me fala isso assim?
Mica: Isso não começou no colégio, nós namorávamos antes da aula começar.
Diretor: E então por que não me disse quando veio a entrevista?
Mica: Eu sabia que ela estudava, mas não ia imaginar que era aqui.
Diretor: O senhor não poderia ter feito isso, é um erro gravíssimo.
Mica: Que erro? Dentro da escola ninguém sabe.
Diretor: A Srt Mendes sabe, e se ela sabe, todo mundo vai saber.
Mica: Aquela lá é mal amada, quer infernizar minha vida.
Diretor: O que o Dr Fernando vai me dizer quando isso acabar.
Mica: Ele sabe.
Os olhos dele se arregalam em surpresa, depois ele relaxa. Levanta uma sobrancelha instintivamente a Micael.
Diretor: Ele sabe?
Mica: Sim, te disse que eu e ela namorávamos antes das aulas começarem.
Diretor: Então por que eu apresentei vocês dois?
Mica: Você não sabia.
Diretor: Vou chamar ele para uma conversa, por enquanto você está dispensado.
-x-
Sibely: Sophia não faz isso.
Sibely corria atras de Sophia pelo longo corredor que dava acesso a sala do diretor. Ela tinha a marca da mão de Sibely estampada em seu belo rosto. Estava vermelho, aquele fora um belo tapa. Ela também tinha os cabelos um pouco bagunçados.
Soph: Sai de trás de mim Sibely..
Sibely: Eu posso ser demitida.
Soph: Hum, eu vou dar graças a Deus. Por que você ferrou com o emprego do meu namorado.
Ela chegou a porta, e na hora que ia abrir, Micael a tinha aperto. Ele se assustou.
Mica: Meu deus Soph o que te aconteceu?
Soph: Preciso falar com o diretor.
Ela desvia dele e entrar, ele permanece na porta a tempo de ver Sibely passando como um tornado.
Diretor: O que aconteceu?
Sibely: Tudo que ela vai falar é mentira.
Diretor: Sophia o que aconteceu?
Soph: Eu estava na aula do Professor Borges, ai ela apareceu e do nada deu um tapa nele. - Nos fundos Micael passou a mão pelo rosto no lugar onde recebeu o tapa. - Ele dispensou a turma e veio pra cá. Eu fui a ultima a sair, e ela ainda estava lá, então ela tbm me deu um tapa.
Ela tira o cabelo da onde tinha a marca. O diretor se assusta ao olhar.
Sibely: Não foi bem assim.
Diretor: Não? Está insinuando que a srt Abrahão se bateu pra lhe acusar?
Sibely: Ér... não... ahh
Diretor: Professora Sibely, está demitida.

7 comentários:

  1. A vagaba se ferrou amei amei amei uh fora Sibely piranha... Será que rola um Bônus caah do meu coração

    ResponderExcluir
  2. Bônus por favor. Agora depende do pai dela

    ResponderExcluir
  3. Sibely se deu mal. shuashuashua' Amei. Continuação, por favor.

    ResponderExcluir
  4. A Soph poderia dá uma surra na Sibely ! Essa vagaba só quer ta batendo, merece apanhar!!

    ResponderExcluir
  5. perfeito... Posta mais

    ResponderExcluir