Opostos - Capítulo 67

Soph: não sei como e nem sei por quê... só quero meu Mica de volta!
Mel: se acalma Sophia vai fazer mal pro bebê!
Soph: eu não nasci pra ser feliz! É isso...

Chay: para de falar besteira minha filha! Todo mundo nasceu pra ser feliz.
Soph: só acontece desgraça na minha vida, é uma coisa boa e 10 ruins.
Thur: olha só, o Micael vai precisar mto de vc agora, vc tem que estar bem e procurar um advogado pra ele.
Ela seca o rosto, agr estava um pouco mais calma.
Soph: vcs tem razao, não posso me desesperar... daqui a pouco eu recebo alta, eu acho... to com vontade de matar aquela garota!
----------------------------------------------------------------
Ele estava na cela com um outro homem, não sabia o que aconteceria com ele e nem o que tinha acontecido com sua família, estava muito preocupado.
Xxx: qm é vc?
Mica: um simples estudante
Xxx: se foi preso não é boa gente, ta sendo acusado do quê?
Mica: enquadrado na Maria da penha.
Xxx: kkkk bateu em mulher é garanhão
Mica: não tem graça. E vc?
Xxx: estupro. Devia ter matado aquela filha da mãe antes dela me denunciar.
Mica: que horror!
Xxx: hum, vc bate em mulher, quase a mesma coisa.
Mica: vc ta aqui a quanto tempo?
Xxx: tem dois dias!
Mica: e fica ate o julgamento neh?
Xxx: não, ate o fim de semana, depois somos levados pra um presídio.
Mica: não podemos ser levados, antes do julgamento.
Xxx: não temos escolha, e dizem q la a gente fica na mesma cela que gente que ja foi julgado e condenado.
Mica: valeu.
Ele voltou pro seu canto e ficou pensando.
---------------------------------------------------------------------
Dr: Sophia se vc me prometer repouso eu te dou alta.
Soph: claro que eu fico, não quero perder meu bebê.
Dr: então vc pode ir pra casa, mas se cuida.
Mel: a gente cuida dela doutor.
Sophia recebe alta e eles seguem pro estacionamento, Chay veio dirigindo.
Soph: eu preciso ver o Micael.
Mel: amanhã
Soph: não vou conseguir esperar.
Thur: vai ter q conseguir, nós vamos ficar la com vc.
Soph: tadinho dele gente, deve ta la com frio, com fome... e tudo por culpa daquela menina sem noção.
Lua: vamos pra casa. Vc tem que descansar.
Eles seguem pra casa de Sophia e a deixam no quarto, ela chora.
Lua: nenem ta chorando de novo!
Soph: esse quarto é mto grande... sem ele aqui gente...
Lua senta e ela deita no colo. Ela fica fazendo cafuné em seus cabelos e com muito custo ela dorme. Os outros se ajeitam nos outros cômodos, Lua depois se deitou ao lado da amiga. No dia seguinte.
Soph: eu não vou na faculdade.
Mel: vai começar a faltar?
Soph: preciso ver o meu marido.
Lua: e achar um bom advogado...
Soph: tenho que passatr no banco e ver se o dinheiro ja ta liberado.
Chay: que dinheiro?
Soph: Micael ganhou na mega-sena há uns duas semanas.
Eles ficam surpresos.
Thur: e como vcs não nos contaram isso?
Soph: ahh sei lá, mas vamos atras de um advogado primeiro.
Sophia liga pra mãe, conta a história e ela passa o telefone de um advogado do Renato no Rio.
Mel: acho que é ali.
Soph: segundo o endereço que ele disse sim
Thur: vamos logo.
Eles sobem e param numa sala pequena onde tinha uma mulher.
Xxx: bom dia?
Soph: bom dia, nós ligamos pro doutor Luiz e ele disse pra gente passar aqui.
Xxx: ah sim ele avisou, sou Dora a secretaria, me acompanhem.
Eles seguiram ela ate outra sala, um pouco maior, um homem um de aparentemente 25 anos estava sentado atrás da mesa lendo uns papéis e parou ao notar nossa presença.
Luiz: bom dia...
Soph: olá.
Luiz: entrem, sentem-se
Todos eles se sentam, Soph em uma cadeira na frente do homem e os outros em um sofá  ali perto.
Luiz: me conte a história, desde o começo. E foca nos detalhes.
Ela conta desde o começo ate eles algemando o marido e algumas lagrimas escapam.
Luiz: vc tem testemunhas de que ele só fez isso pq ela tava te batendo?
Soph: tinha gente em volta, e eu tenho o atestado que eu fui parar no hospital.
Luiz: otimo, o caso do seu marido é muito fácil de resolver. Vamos ate a delegacia.
Soph: vou poder ver ele?
Luiz: vou fazer o possível!!
Lua: então partiu.
Eles vão pra delegacia, meia hora de carro. Eles vão direto ao delegado.
Delegado: mas que tanta gente é essa?
Soph: quer ver meu marido!
Delegado: e quem é seu marido? -ele tava sendo debochado.
Soph: Micael Borges.
Delegado: e ele é casado? O cara bate em mulher e é casado? Kkk que ironia.
Sophia: vc lava a boca pra falar dele! - ela alterou o tom de voz
Ele se levantou com as mãos na mesa
Delegado: abaixa o tom de voz pra falar comigo senão prendo vc agr mesmo por desacato.
Luiz: prende ela e eu te denuncio por abuso de poder.
Delegado: e quem é vc?
Luiz: advogado do rapaz e acho melhor o senhor deixar minha cliente ver ele, por que tbm posso processar vcs por constrangimento, pq ate onde eu sei meu cliente não ofereceu resistência então não tinha necessidade de algemar ele.
Delegado: abusadinho vc heim?
Luiz: não, apenas sei o que to fazendo! Vai chamar ele ou não?
O delegado olha pra um policial e faz sinal pra ele ir buscar Mica. Luiz olha pra Sophia e ela agradece com o olhar.
---------------------------------------------------------------------
Querem bônus? Comentem ai gente

9 comentários:

  1. Ainda pergunta? Claro que queremos

    ResponderExcluir
  2. Solte o Mika por favor

    ResponderExcluir
  3. Siiiiim,to desesperada,eles tem que soltar o Mica logoo,o unico bom disso é que da mais emoção pra história...

    ResponderExcluir
  4. Muita dó do Mica e da Soph. Se não fosse aquela fdp.
    Continuuua.

    ResponderExcluir
  5. posta maiss solta o mika por favor>>>>

    ResponderExcluir
  6. quero mais , e cadeia para aquela vadiazinha que agrediu a Soph

    ResponderExcluir
  7. posta mais sou sua fã adoro sua web

    ResponderExcluir