Nova Chance - Capitulo 73

Antônia: O que aconteceu com ele?
Dr: Calma senhora!
Jorge: Nosso filho esta desmemoriado, você pode esclarecer isso pra gente?

Dr: Existem algumas perdas de memorias temporárias. São causadas por diversos motivos. A pancada na cabeça é um exemplo, as vezes nosso celebro bloqueia algumas informações que tenham sido muito forte, como por exemplo sofrimento, morte de alguém, dor. Ele teve alguma emoção nos últimos tempos?
Antônia: Digamos que sim.
Soph: O senhor está dizendo que ele não lembra de mim, por culpa minha?
Dr: Não senhorita, estou dizendo que isso pode ocasionalmente acontecer, não é certeza se foi ou não isso! Mas se o problema que o "fez sofrer" - Ele faz o sinal com os dedos - Tem alguma coisa haver com você, o celebro dele automaticamente, bloqueou você da memoria, assim ele acredita nunca ter te conhecido, e estar vivendo uma coisa que já passou.
Soph: E por quanto tempo ele vai ficar desmemoriado?
Dr: Algumas horas, dias, semanas... É muito dificil de dizer. Mas a memoria volta.
Antônia: Não chora Soph - Ela disse ao olhar para a ex-nora.
Soph: Mais uma confirmação de que a culpa é minha.
Ana; Filha, vamos embora, ai você descansa.
Soph: Mas mãe...
Ana: Filha já são 21 horas da noite, vamos, amanhã de manhã você vem ver como ele esta.
E então Soph olha para Jorge e Antônia que assentem,
Soph: Tudo bem, mas vocês vão me deixar ver ele amanhã né?
Antônia caminhou até a loira e segurou em suas mãos.
Antônia: É claro que sim, eu sinto que meu filho precisa muito de você!
Laura resmungou em um canto.
Laura: Não sei pra que.
Chay: Para Laura!
Soph: Acho bom você parar mesmo!
E então a menina saiu de onde estava e olhou nos olhos de Sophia.
Laura: Ou então o que?
Soph: Ou então eu te mostro quem é Sophia Abrahão!
Ana então sorriu.
Ana: Tá usando o nome do seu pai!
Soph: Poisé, mas eu não sei se quero trocar, eu gosto do meu Tavares do Antônio!
Ana: Depois nós conversamos sobre isso! Vamos?!
Soph: Sim, vamos. Até amanhã pessoal. E você garota, se liga. Por que se eu te pegar na rua sozinha, você então vai me conhecer.
Laura: Tô com muito medinho de você.
E então Sophia, Ana e Arthur se foram. Jorge e Antônia ficaram ali na sala de espera e também mandaram Chay e Laura irem descansar. Um pouco mais tarde eles entraram e ficaram no quarto com o filho.
E o dia enfim nasceu, clareando a manhã. Micael despertou e viu os pais apertados no sofá, sorriu ao olhar a cena. Eles se amavam, e eles o amavam. Por isso ele estava bem, os pais dele tinham amor suficiente para mantê-lo bem. Foi então que essa frase veio em sua cabeça como se já tivesse ouvido.
Ficou pensando, mas logo sua cabeça começou a doer. Virou para o lado e cochilou por mais um tempo. As 9 da manha o medico entrou no quarto, todos já estavam acordados.
Dr: Bom dia!
Todos: Bom dia!
Dr: Trago novidades, os novos exames também não deram em nada, e você Micael vai poder ir para casa em breve.
Mica: Serio? Mas e essa suposta perda de memoria.
Dr: Você ira se lembrando aos poucos Micael, nada de pressa. Cheiros, pessoas, toques, lugares. Tudo isso vai servir pra te fazer lembrar do que você esqueceu. E seus pais também podem te contar pra ver se ajuda.
Antônia: Não sei se você vai gostar muito de saber.
Mica: O que tem de tão horrivel?
Jorge: Em casa a gente te conta meu filho.
Mica: Tudo bem, mas eu vou querer saber.

14 comentários:

  1. posta +++++++++++++++++++++..perfeitooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo

    ResponderExcluir
  2. Aiaiai Mica sem memoria com essa lambisgoia da Laura por perto não ta me cheirando bem .

    ResponderExcluir
  3. deixa apenas a familia dele contar as coisas pra ele pq se essa baranga da Laura brotar vai dar mais ruim que já deu

    ResponderExcluir
  4. Continuaaaaaaaaaaaaaaaa!

    ResponderExcluir
  5. POsta mais pfvr!! Faz um bônus pfvr!!

    ResponderExcluir