Nova Chance - Capítulo 34

Micael: - Vamos embora, princesa.
Eles se viraram pra sair. Micael abraçou passou os braços sobre os ombros de Sophia, que se encolheu no abraço dele.
Ana: - Filha!

Chamou. Sophia se virou para olhar a mulher parada atrás de si. Ana estava com os olhos cheios de lágrimas.
Ana: - Posso te pedir um abraço?
Sophia: - Não. Desculpa, mas eu não posso.
Ana assentiu de cabeça baixa. Sophia se virou para o namorada, o abraçando pela cintura. Lily os viu partir com ódio nos olhos. Ana e Renato com tristeza.
Ana: - Ela nunca vai me perdoar, né?
Antônia: - Não é porque é minha nora não, mas ela tem um coração de ouro. Tenho certeza que depois que essa poeira abaixar, ela vai perdoar você.
Ana: - Eu só quero minha menina comigo. Você não tem noção de quanto tempo eu espero encontrá-la.
Renato: - Vai ficar tudo bem.
Ele deu um beijo na cabeça da esposa. No carro, o silêncio só era cortado pelos soluços de Sophia. Ela estava sentada com a cabeça apoiada no vidro e chorava desde que partira. Micael já estava incomodado. Não queria que ela chorasse tanto. Estacionou em frente a sua casa e esperou que ela se movesse mas ela não o fez. Ele saiu do carro e deu a volta. Abriu a porta e tirou ela de dentro. Ela apoiou o rosto no peito dele, enquanto ele entrava na casa. Levou a moça para o quarto e a deitou em sua cama. Ela se encolheu, ainda chorando. Ele se sentou ao lado dela na cama e a observou por instantes.
Micael: - Princesa, olha pra mim.
Ela olhou e Micael teve vontade de chorar. Seus olhos estavam vermelhos e inchados, o azul estava sem vida.
Micael: - Você ta bem?
Ela negou.
Micael: - Vem cá.
Ele abriu os braços e ela se arrastou até ele, deitando-se em seus braços. Ele deu um beijo carinhoso na cabeça dela e ela se aninhou ainda mais nos braços dele.
Micael: - Eu sei que não ta sendo nada fácil pra você descobrir tudo isso depois de tanto tempo. Mas ficar assim vai ser cada dia pior. Você tem que levantar a cabeça, amor.
Sophia: - Mas é tão difícil. Dói tanto aqui dentro.
Ela colocou uma mão sobre o peito, em cima do coração.
Micael: - Eu sei que dói, mas eu to com você.
Sophia: - Obrigada. Eu te amo.
Micael: - Eu também te amo.
Ela adormeceu nos braços dele depois de tanto chorar. Uma coisa era certa: ele estaria sempre com ela.

7 comentários:

  1. Perfeito, mds mlr essa é a melhor web de todas que eu leio. Vc recomenda alguma? Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Lindooooo ele cuidando dela

    ResponderExcluir
  3. continuaaaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir