Nova Chance - Capitulo 94

Mica: Você tá barraqueira desde quando?
Soph: Não sou barraqueira, as pessoas tem que se enxergar.
Antônia: Tá muito brigona.

Soph: Não estou. Só tenho raiva dessas piriguetes querendo o que é meu.
Mica: Hum, eu sou sei é dona possessiva?
Soph sorri.
Soph: Claro que é.
Antônia sorri olhando os dois e logo olha o marido, estava lembrando de quando ela e Jorge eram assim, tão apaixonados. E ela podia afirmar com toda certeza que eles ficariam um bom tempo juntos.
Mica: Se eu sou seu, você não precisa se preocupar.
Soph levantou uma sobrancelha.
Soph: Seu passado te condena Sir Micael.
Jorge: Ninguém mandou fazer besteira. Na frente dela vacilão.
Mica: Eu nem tava com você Sophia.
Soph: Naquela época você era da  Laura.
Ela diz o nome com nojo.
Mica: É né, verdade bons tempos.
Ela dá um tapa nele e fecha a cara.
Mica: Calma minha princesa, foi brincadeira.
Soph: Teve uma época que eu sentia pena dela, depois ela me pareceu uma pessoa legal, e por fim mostrou quem realmente é.
Mica: Ela é legal.
Antônia: É mesmo Sophia.
Soph: Questão de gosto.
Jorge: Ela diz isso porque quase se estapearam no hospital.
Ele diz rindo, fazendo Mica e a mãe rir também, Soph fica seria.
Mica: Serio isso?
Soph: Foi um desentendimento.
Mica: Ah desnecessario Sophia, dentro do hospital.
Soph: Aquela lá tava pousando de sua namorada.
Ela diz meio que como uma explicação.
Antônia: Esse papo tá muito pesado pra mesa de jantar.
Soph: Concordo, vamos parar de falar dessa garota, que ela da sinal de vida. E se ela aparecer aqui...
Mica: Você não vai fazer nada.
Ele diz serio.
Soph: Isso é você que diz.
E ficaram os dois emburrados. E então o celular tocou. Soph bufou e ele se levantou pra atender.
Soph: Já deve ser a vagabunda.
Ela diz baixinho pra ela mesmo. Jorge e Antônia ouviram mais não disseram nada.
Mica estava na sala, sentado no sofá.
Arthur: Quer dizer que você quer casar com a Minha irmã e não me pede nada.
Ele disse rindo.
Mica: Ué tenho que pedir a você? Eu tenho dois sogros, não preciso de outro.
Arthur: Olha só, se você deixar minha irmã do jeito que fez eu não me responsabilizo.
Mica: Não sei se você lembra, mas da outra vez foi sua irmã que me deixou, foi eu que fiquei mal, por que ela tava de boa com o seu cunhado.
Arthur: Isso não importa. Haha faça minha irmã feliz
Mica: Tu me ligou só pra isso?
Arthur: E pra dizer que nós nunca mais vamos passar la naquela rua. Que pena.
Mica: Tu nem pegava ninguem.
Arthur: Não importa.
Mica: Tu tem noção de que a sua irmã nesse momento deve estar espumando de raiva achando que estou falando com a Laura?!
Arthur: Ela é ciumenta?
Mica: Digamos que bastante.
Arthur: Então para de provocar.
Mica: Pode deixar, agora vou desligar.
Ele foi andando de volta a sala de jantar, os pais já tinham terminado, Sophia enrolava no prato. Juntando e espalhando a comida. Ele se sentou ao seu lado.
Mica: Oi de novo amor.
Soph: O papo tava interessante.
Mica: Não muito.
Ele continua a comer, e ela a espalhar a comida, ainda emburrada
Soph: O que sua amiguinha queria?
Mica: Que amiguinha Sophia, você não sabe nem com quem eu estava falando.
Soph: Eu ouvi você falando Laura!
Mica: Eu tava falando com o Arthur, quer ligar? Você reclama do meu ciume do Chay e quer o tempo todo me controlar. Não se preocupa, eu nunca trai você e nem vou trair. A Laura não tem nem chance e aquela secretaria, bom, ela é gostosa - Disse pra provocar e levou um tapa no braço - Ok, ela é bonitinha, mas eu entrei naquela empresa pra casar com você, não vou jogar tudo fora, principalmente por causa de besteiras e aventuras, eu amo você menina ciumenta.

14 comentários:

  1. oooo ciúme senhorrr , como pode essas crises ???

    ResponderExcluir
  2. SANTAMADREDEDIOS Sophia tá o ciúme pode tomar cuidado com esse ciúme todo

    ResponderExcluir
  3. Ameeiii *-* Postaa Bonuus Anjoo...
    Ass Marii

    ResponderExcluir
  4. Que linduuuuuuuuuu ,ain...eu...eu...acho ....eu acho que gamei hehehe

    ResponderExcluir
  5. Declaração linda dele

    ResponderExcluir
  6. Owntt mó deuso 😍😍😍

    ResponderExcluir